4 thoughts on “O racismo escatológico de Israel

  1. Falando nisso…

    Muitos bolsonaristas (presos do 8 de Janeiro) fugiram para a Argentina.

    Governo brasileiro pediu informações, mas não houve resposta de Milei… Isso é muito estranho, o normal seria eles terem respondido rapidamente (ainda que fosse dizer alguma boçalidade).

    A demora indica que estão recebendo ordens de fora (outros países).

    Os dois países já estão num conflito bilateral, a questão é “até onde” ELES vão levar o conflito.

    As movimentações de políticos bolsonaristas indicam uma escalada. Será que o Bozo vai fugir pra Argentina e se declarar Presidente?

    1. Acabei de lembrar de uma coisa “engraçada”, na época das Micaretas Golpistas (Não vai ter Copa) uma advogada ligada a esses movimentos pediu exilio no Uruguai (só pra queimar o filme do Brasil).

      Realmente estão fazendo o mesmo esquema de novo (atacar a imagem do país no exterior), mas dessa vez na Argentina….

      A diferença é que agora o Boulos é candidato a prefeito de São Paulo e o Freixo (com Sininho e tudo) é candidato a prefeitura do Rio de Janeiro.

      Honestamente é imperdoável o governo ter perdoado esses dois… Nunca foi “por vinte centavos”, o objetivo deles sempre foi destruir o país.

  2. Sobre os sionistas, é apenas a irracionalidade de sempre.

    Como “o messias deles” não aparece eles decidiram acabar com o mundo pra “obrigar” ele a aparecer… O rabo está abanando o cachorro.

    Realmente é muita arrogância, eles acham que “o deus deles” é servo deles? Não seria o contrário.

    A mente deles está contaminada por heresias protestantes (o mito da “raça eleita” dos Calvinistas).

    Os “predestinados” acham que não existe pecado, por isso podem “roubar, matar e destruir” sem receberem uma retribuição divina (Calvinismo).

    Os terroristas sionistas vão arder no mármore do inferno…

    1. Uma coisa que eu nunca entendi é essa “falta de espiritualidade” deles, parece não acreditam em pós vida. Parecem aqueles protestantes materialistas da teologia da prosperidade que acham que tudo que importa é o aqui e agora.

      Uma parte da escatologia sionista “veio da Índia” num “saco de gatos religioso”, meio que são coisas copiadas de outras religiões (deturpadas e tiradas de contexto). Parece até aqueles doutrinas da Tariqa…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *