2 thoughts on “Geisel e a trajetória nacionalista parte 4: na presidência, a cidadania

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.